Veja dicas para não cair no golpe da revisão falsa

Veja dicas para não cair no golpe da revisão falsa

A expectativa de conseguir um aumento no benefício do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) pode deixar o aposentado mais suscetível a cair em golpes e contratar serviços que, ao fim, não resultarão em nada, somente em despesa e frustração. Portanto, é muito importante ficar atento e ter em mente que não existe mágica quando o assunto é revisão.

O segurado que acredita estra ganhando um benefício muito baixo e acredita ter direito à revisão deve ficar atento. Há muitos golpistas que prometem falsas revisões, apenas para arrancar dinheiro do aposentado ou pensionista.

Como os golpistas costumam agir?

Um tipo de abordagem muito comum é o de enviar cartas aos segurados. Muitas dessas correspondências chegam com um alerta de que o tempo para ganhar mais está acabando.

Há dois tipos de golpes mais populares: prometer ganhos por ações que não existem; prometer ganhos por ações que existem, mas que não se aplicam ao caso do segurado.

Duvide sempre

É importante sempre questionar promessas mirabolantes. O INSS comete erros no cálculo de benefícios que dão diretos a reajustes. Aumentos que chegam a dobrar o valor do benefícios, porém, são raros.

Abordagem direta

O INSS não envia servidores á casa dos segurados para atualizar dados ou comunicar revisões. Em alguns casos, o INSS pode entrar em contato pelo telefone, mas mesmo isso é incomum. Em geral, o Instituto envia correspondências aos segurados para informar que o erro está sendo corrigido.

Vazamento de dados

Se o segurado desconfiar que a empresa ou advogado tem dados sigilosos seus, como o número do benefício e o CPF, deve denunciar. É possível abrir uma queixa na OAB, no MP e na Polícia Civil.

No Comments

Post A Comment

× Como posso te ajudar?