Atenção para não cair nos golpes dos precatórios

Atenção para não cair nos golpes dos precatórios

Recebe o nome de precatório a dívida que os órgãos públicos devem pagar aos servidores municipais e estaduais que entraram na Justiça contra o governo para pedir diferenças salariais. Como a fila do precatório anda muito devagar, o credor corre o risco de cair em golpes de criminosos.

Um dos mais comuns, são estelionatários que ligam e enviam cartas falsas para quem está esperando pelo pagamento. Segundo Maria Benedita de Castro, vice-presidente do Sindicado dos Especialistas de Educação do Ensino Público Municipal de SP (Sinesp), profissionais filiados à entidade têm recebido, diariamente, cartas falsas que teriam como remetente o “1º Cartório de Precatórios”, órgão que nem sequer existe. Essas correspondências pedem que o destinatário entre em contato com um telefone específico. Ao ligar nesse número, uma pessoa que diz ser advogada do Sindicato oferece ao credor antecipar o pagamento do precatório, desde que um valor seja adiantado por depósito bancário.

Para o advogado Marcelo Lobo, conselheiro e presidente da Comissão de Precatórios da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), além das falsas postagens, há criminosos que ligam da cadeia, oferecendo essa mesma proposta. “Diariamente, dezenas têm ido à Justiça para denunciar esse tipo de golpe. Parece que as ligações partem de presídios”, conta.

De acordo com a Procuradoria Geral do Estado, existem hoje 139.660 credores aguardando o pagamento de precatórios e alguns deles estão desde 2001 na fila. O Tribunal de Justiça de São Paulo confirma que está sendo notificado sobre fraudes, mas não tem registro da quantidade de queixas já aconteceram.

Existem ainda outras armadilhas muito comuns, como indução ao erro por parte de algumas financeiras que agem de má-fé e oferecem um valor muito menor para comprar o precatório, e contratos abusivos oferecidos por empresas intermediadoras que cobram valores absurdos para antecipar o pagamento.

 

Fonte: Jornal Agora

No Comments

Post A Comment

× Como posso te ajudar?